O Que é Competência?

PalestranteMuito obviamente, toda empresa depende da competência de seus funcionários e todo líder quer ter colaboradores competentes em sua equipe. Mas algo que está longe de ser óbvio é o próprio conceito de competência. Via de regra, a palavra competência é traduzida como a capacidade de cumprir tarefas. Para as atividades repetitivas em chão de fábrica tão características da Era Industrial até que esta definição lugar-comum funciona relativamente bem. Mas para as posições que requerem um pouco mais do que o simples apertar de um parafuso (quase tudo hoje em dia) o conceito fica bem mais complicado, englobando também a maneira como uma tarefa é realizada.

Por exemplo: sua empresa possui um gerente responsável por um departamento específico cujas metas e prazos são cumpridos rigorosamente, mas exatamente a que custo? Se o temperamento desse gerente é explosivo, se ele maltrata seus subordinados, gera mais conflito do que soluções, ludibria seus clientes e cria um péssimo ambiente de trabalho por um lado mas bate as metas e envia semanalmente seus relatórios de performance para seus superiores por outro, não dá para dizer que estamos falando de um colaborador competente. Trabalhando no estilo “o fim justifica os meios”, este comportamento imediatista pode trazer sérios problemas a médio e a longo prazos.

Neste cenário, você pode até contratar uma pessoa super talentosa para trabalhar na sua empresa mas, mesmo assim, ela trará consigo todos os vícios do emprego anterior. Até que ela se adapte à cultura da sua organização, um período de avaliação e orientação é fundamental para que ela não apenas faça aquilo que justifica sua contratação, mas também aprenda a maneira de fazer aquilo em seu novo ambiente de trabalho. Se for uma estrela, então, você terá um problema adicional de administração de ego que pode fazer o tiro sair pela culatra.

Este é o tipo de situação que explica como as vezes um time de futebol sem grandes estrelas acaba sendo melhor do que aquela equipe cheia de craques milionários. Os craques podem ser realmente muito talentosos mas a competência envolve o entendimento da estratégia, das táticas, do entrosamento e da filosofia de trabalho do treinador. Em outras palavras, um colaborador considerado como competente é aquele que não apenas executa as suas tarefas com excelência mas também trabalha de acordo com a cultura da empresa, sendo muito mais do que um simples apertador de parafusos.

Então tome muito cuidado com as pessoas que sua empresa contrata. As vezes é melhor pegar um profissional mediano e treiná-lo adequadamente do que pegar um rock star cujo comportamento colocará um projeto ou as vezes até um departamento em risco. E são os líderes que devem ficar atentos aos novatos, guiando-os pelo correto caminho do ambiente organizacional para que eles complementem o time e não se sobreponham a ele. Portanto, não parta do pressuposto de que o processo seletivo foi totalmente capaz de utilizar todos os filtros de seleção e o profissional ali recém-chegado já sabe qual é a sua função e de que maneira ele deve se comportar. Já vi empresas confiarem em seus processos seletivos e, por causa do débil conceito de liderança ali porcamente construído os funcionários mostrarem-se completamente despreparados para trabalharem em conjunto com o passar do tempo.

Em resumo, referências profissionais não bastam. Exerça sua liderança durante o período de experiência para que seus novos talentos sejam orientados sobre como as coisas devem ser executadas em sua empresa. É aí que entram os tão desprezados valores que as empresas adoram colocar em seus websites ao lado da definição de missão, mas que pouquíssimas organizações sabem zelar por eles em sua rotina diária. De fato, você não consegue encontrar qualquer relação entre os valores emoldurados na parede da sala do presidente e a cultura de qualquer tipo de empresa. Tal relação é apenas observada nas melhores empresas.

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s