O Ciclo de Vida do Produto

PalestranteComo diz o dito popular, “tudo passa nesta vida… até uva passa”. Pois bem, com seus produtos ou serviços vale a mesma lógica de duração efêmera e, no universo do marketing, ela recebe o nome de Ciclo de Vida do Produto.

Nenhum produto ou serviço duram para sempre. Ou, pelo menos, não duram do mesmo jeito que foram criados uma vez que a sociedade ao redor de nossas empresas reage ao estímulo de nossos negócios, além de mudar de forma independente deles para o nosso completo desespero.

Semelhante ao ciclo apresentando na postagem O Ciclo de Adoção de Inovação, o Ciclo de Vida do Produto objetiva estimar o período em que um produto se encontra para que entendamos cada momento e possamos efetuar os ajustes mais pertinentes para cada situação. Existem 4 períodos ou fases pelos quais um produto passa ao longo de sua história, sendo explicados um a um a seguir. O desenho da curva pode variar bastante, mas a sequência das fases é sempre a mesma:

PalestranteFase de Introdução

Esta é a difícil fase de lançamento do produto. É caracterizada essencialmente pelo alto custo de produção pois sua empresa precisa fazer encomendas de tamanho reduzido aos seus fornecedores, elevando o preço de cada unidade. Como o investimento foi alto e as vendas são muito modestas no início, a fase de introdução é caracterizada por lucros baixos ou até mesmo pela ausência deles dependendo da situação. O P de Promoção (leia a postagem Os 4Ps para expandir seus conhecimentos sobre este ponto) aqui também é muito oneroso pois ninguém conhece seu produto e torna-se imprescindível investir bons montantes em publicidade.

Fase de Crescimento

Este estágio é caracterizado pelo aumento gradual das vendas, sendo possível agora começar a diminuir os custos de produção com encomendas mais numerosas para os seus fornecedores. Os pedidos começam a aparecer de forma mais substancial e isso gera estímulos positivos para sua empresa continuar na luta pelo seus objetivos de mercado. Torna-se possível também diminuir um pouco os investimentos em publicidade, já que seu produto não é mais um ilustre desconhecido.

Fase de Maturidade ou Amadurecimento

Nesta fase, os custos promocionais diminuem consideravelmente, focando muito mais na manutenção para não deixar a imagem do seu produto desaparecer da mente de seus clientes do que na divulgação e convencimento de que seu produto é bom e por isso vale a pena ser comprado. Como as vendas passam a ser altas e previsíveis nesta fase, sua empresa encontra os melhores preços do mercado, sendo possível também otimizar a sua produção. Por tudo isso, é em geral o estágio de maior lucratividade e de menor preocupação, constituindo o mundo dos sonhos de qualquer organização. Porém, é nesta fase também que a concorrência começa a aparecer para participar da festa, já que eles finalmente perceberam o sucesso que seu produto está fazendo no mercado.

Fase de Declínio

Como nada dura para sempre, há também a fase de declínio caracterizada pela queda das vendas e dos lucros. Aqui, na medida que caem as vendas os custos de produção aumentam pois a sua empresa está encomendando menos quantidades. A concorrência também passa a retirar uma parte considerável do seu filão e os sinais de enfraquecimento dos negócios são evidentes. As alternativas de outras ofertas para sua base de clientes são mais do que bem-vindas nesta fase, sendo também muito útil pensar na reinvenção do seu produto.

Sobre o conceito da reinvenção, é bom ressaltar que alguns produtos são projetados para morrer em pouco tempo e não há nada de errado nisso. Outros, porém, possuem um ciclo de vida bastante alongado com sua reinvenção periódica, resultando em um reinício do Ciclo de Vida do Produto a cada fase de declínio. Produtos consagrados como a Coca-Cola, por exemplo, precisam se reinventar de tempos em tempos para manter as vendas em alta e não deixar que a fase de declínio impacte negativamente em seus negócios. Para tanto, o marketing da empresa desenvolveu estratégias de distribuição, de formação de outras linhas de produtos e continuou a mudar a embalagem e a comunicação da bebida original ao longo de seus mais de 100 anos de existência. Obviamente, não se trata de um reinício a partir do zero. Seria um processo parecido ao apresentado pela curva do gráfico esquemático logo abaixo, elevando a altura da curva a cada ciclo:

Palestrante

Um exercício fundamental aqui é verificar em que ponto do Ciclo de Vida o seu produto ou serviço se encontram e, a partir daí, efetuar as mudanças necessárias. Com base neste levantamento, fica muito mais fácil ajustar seu plano de marketing e a comunicação correspondente para cada situação.

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.

Anúncios

Um comentário sobre “O Ciclo de Vida do Produto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s