A Ética Nas Organizações

Etica

Em um país assolado pela corrupção, esta postagem pode soar como algo até contraintuitivo. Mas o futuro do nosso país e do planeta depende da inteligência e da ética dos homens para que não tenha o mesmo desfecho de Marte ou Vênus, modelos reais daquilo que a Terra corre o risco de se tornar caso a gente não mude a nossa forma de pensar e de agir sobre o mundo.

Longe de ser uma questão óbvia (culturalmente falando, o Brasil é um triste exemplo de que esse conceito está longe de ser compreendido), a ética é um elemento fundamental para todos os líderes de todas as organizações porque define os limites entre o certo e o errado. Além do óbvio impacto externo ou sócio-ambiental, a falta de ética prejudica de uma forma mais subjetiva as próprias organizações. Uma empresa guiada pela ética sabe diferenciar o que deve ser feito daquilo que não deve ser feito, evitando caminhos incertos e otimizando recursos para esforços grandiosos e financeiramente promissores para o maior número de pessoas. Uma organização sem princípios éticos cultiva um péssimo ambiente de trabalho, resultando em baixo comprometimento, baixa qualidade, baixo controle, baixo gerenciamento, baixa entrega e, por fim, baixa competitividade no mercado.

Além disso, vivemos em pleno boom da comunicação, onde literalmente qualquer pessoa munida de um smartphone pode publicar uma gravação ou vídeo na Internet muito facilmente sob a forma de denúncia com repercussões desastrosas, dificultando muito o comportamento antiético em todos os setores da sociedade moderna. Uma sociedade bombardeada por informação de todos os lados, que clama por mais transparência na política, no trabalho e nos negócios, exigindo ética desde a simples informação no rótulo de um produto alimentício, até na transparência do balanço anual do fabricante desse mesmo produto.

Ética e liderança
Etica nos negócios

No fim das contas, a liderança nada mais é do que o poder de influenciar pessoas (para uma visão um pouco mais detalhada sobre liderança, veja esta postagem). Tal poder pode ser utilizado para coisas construtivas ou destrutivas, dependendo muito do comportamento do líder e da sua capacidade de tomar decisões, questões que impactarão as pessoas a sua volta de uma forma ou de outra. E as pessoas precisam ser guiadas para darem o melhor de si e não o contrário, levando a resultados que adicionem valor ao que fazem. E isso é algo crucial pois fará a diferença entre produtividade e procrastinação, qualidade e baixo valor, trabalho pelo propósito e trabalho pelo dinheiro. Com isso, clientes, sociedade, meio-ambiente e os próprios colaboradores ganham, elevando inevitavelmente o valor das organizações onde trabalham.

Ética e liderança são conceitos que precisam andar de mãos dadas, obrigatoriamente. Do contrário, falsos líderes estarão cada vez mais no poder como infelizmente já conseguimos reconhecer nas esferas políticas e religiosas do nosso país, sendo um pouco menos evidente mas não menos perigoso no âmbito das empresas. É por isso que eu acho que a ética deveria ser uma disciplina obrigatória desde o ensino fundamental até a universidade.

Mas quem sou eu para dar um de moralista e salvador do mundo? Bom, eu não me considero ninguém especial mas que tal algumas palavras sobre ética e liderança no mundo dos negócios através da visão de Dee Hock?

Como? Não sabe quem é Dee Hock? Descubra logo abaixo.

Ética e liderança por Dee Hock

Dee Hock

Um dos truques favoritos de Dee Hock para brincar com a audiência em uma palestra consiste na seguinte pergunta: “Quantos de vocês reconhecem isso?”, pergunta ele, estendendo o seu próprio cartão Visa.

Todas as mãos são levantadas.

“Agora”, diz Hock, “quantos de vocês podem me dizer quem é o dono, onde está sediada, como é governada ou onde comprar as ações desta empresa?”

Silêncio absoluto. Ninguém tem a menor ideia, porque ninguém nunca pensou nisso.

“E isso”, diz Hock, “é exatamente como deveria ser. Quanto menos óbvia é uma organização, melhor ela é”, diz ele. “Na Visa, tentamos criar uma organização invisível e mantemos ela deste jeito. É o resultado e não a estrutura ou a gestão que deve ser aparente.”

Dee Hock é nada mais e nada menos que o fundador da Visa Inc. Além da brilhante construção de uma das maiores empresas de tecnologia de pagamento global, o autor do livro “Nascimento da Era Caórdica”, é um dos dois únicos exemplos que os especialistas citam regularmente para ilustrar como os princípios dinâmicos da Teoria do Caos podem ser aplicados aos negócios.

Veja algumas ideias de Dee Hock sobre o conceito de liderança, em suas próprias palavras:

1. PhD em Liderança, curso de curta duração:
Faça uma lista cuidadosa de todas as coisas que você abomina. Nunca faça essas coisas para os outros. Faça outra lista de coisas que te fizeram e que você simplesmente amou. Faça essas coisas para os outros, sempre.

2. Colaboradores:
Primeiro, contrate e promova os colaboradores com base na integridade. Em segundo lugar, baseado na motivação. Em terceiro lugar, na capacidade. Em quarto lugar, na compreensão. Em quinto, no conhecimento. E por último e menos importante, na experiência. Sem integridade, a motivação é perigosa. Sem motivação, a capacidade é impotente. Sem capacidade, a compreensão é limitada. Sem compreensão, o conhecimento é sem sentido. Sem conhecimento, a experiência é cega. A experiência é fácil de ser fornecida e rapidamente bem utilizada por pessoas com todas as outras qualidades.

3. Empregando:
Nunca contrate ou promova com base na sua própria imagem. É tolice replicar a sua força. É idiota replicar a sua fraqueza. É essencial empregar, dar confiança e premiar aqueles cuja perspectiva, habilidade e julgamento sejam qualidades radicalmente diferentes das suas. Por ser uma habilidade rara, isso requer tolerância, sabedoria e humildade também incomuns.

4. Remuneração:
Dinheiro não motiva as melhores pessoas nem o melhor das pessoas. Ele pode mover o corpo e influenciar a mente, mas não pode tocar o coração ou mover o espírito, que são reservados para a crença, o princípio e a moralidade. Como Napoleão observou: “Nenhuma quantia de dinheiro vai induzir alguém a por a sua vida de lado, mas eles o farão de bom grado por uma condecoração.”

5. Forma e conteúdo:
A substância é duradoura, a forma é efêmera. A falta de uma clara distinção entre os dois é destrutiva. O sucesso segue aqueles hábeis em preservar a substância do passado com a roupa nos moldes do futuro. Preserve a substância; modifique a forma; saiba a diferença. A coisa no mundo dos negócios mais próxima de uma lei da natureza é que a forma tem uma afinidade com a despesa, enquanto a substância tem uma afinidade com a receita.

6. Criatividade:
O problema nunca é como obter pensamentos novos e inovadores em sua mente mas como livrar-se dos antigos pensamentos. Cada mente é uma sala repleta de móveis antigos. Você deve por para fora o mobiliário antigo daquilo que você sabe, pensa e acredita antes de tratar de colocar o novo para dentro. Providencie um espaço vazio em qualquer canto de sua mente e criatividade irá preenchê-lo instantaneamente.

7. Liderança:
Aqui é o verdadeiro coração e alma da questão. Se você busca liderar, invista pelo menos 40% do seu tempo para gerir a si mesmo – sua ética, caráter, princípios, finalidade, motivação e conduta. Invista pelo menos 30% gerenciando aqueles com autoridade sobre você e 15% no gerenciamento de seus colegas. Use o restante do tempo para induzir aqueles “para os quais você trabalha” a entenderem e praticarem a teoria. Eu uso o termo “para os quais você trabalha” deliberadamente, pois se você não entender que você deve trabalhar para o seus subordinados, você não entendeu nada. Lidere a si mesmo, lidere seus superiores, lidere os seus colegas e liberte os seus colaboradores para que eles façam o mesmo. Tudo o mais é retórica.

Fonte: Fast Company

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s