O Boom das Redes Sociais no Brasil

Publicidade Online

Quem acompanha este blog sabe que, desde o início, venho comentando sobre a importância das redes ou mídias sociais no Brasil para o marketing das empresas (veja nesta postagem porque prefiro o termo “mídia” ao invés de “rede” social). Agora, não sou eu quem está dizendo isto e sim o site da Forbes, uma das publicações sobre economia e negócios mais respeitadas do mundo.

O título do artigo do último dia 12/09 já começa em um tom aparentemente exagerado: “O Futuro das Mídias Sociais? Esqueça os Estados Unidos, Olhe para o Brasil”. Mas ao ler o restante do texto vemos que existem muitas razões contábeis para o responsável pelo texto estar sendo sensato em suas previsões. Afinal, 79% dos internautas brasileiros estão presentes nas mídias sociais, sendo o segundo país em maior número de usuários do Facebook, atrás apenas dos Estados Unidos. São 65 milhões de brasileiros na rede de Mark Zuckerberg, 41,2 milhões de brazucas no Twitter e também somos o segundo mercado do YouTube além das fronteiras do Mr. Obama, números que originaram outra manchete ainda mais surpreendente do não menos respeitado Wall Street Jornal: “Brasil: Capital Universal das Mídias Sociais”.

O artigo ainda destaca que os brasileiros usam as mídias sociais para se informar sobre decisões de compra. Segundo a pesquisa do eCRM123, 77% dos brasileiros sentem-se a vontade para comprar em mídias sociais, ao passo que 4 em cada 5 usuários usam as redes para pesquisar novos produtos e se informar sobre as recomendações de outros usuários, mais que qualquer outra fonte de informação.

As grandes marcas no país como L’Oreal, Coca-Cola, Nike e Bradesco lançaram campanhas agressivas no Facebook recentemente, angariando milhões de seguidores em poucas semanas, salienta a reportagem. Destacou ainda a campanha da Unilever, a qual integrou a promoção do Shampoo Seda com o final da novela Avenida Brasil, estratégia baseada nos dados de que quase 50% dos usuários do Facebook utilizam a rede ao mesmo tempo em que assistem a TV.

Os investimentos em propaganda digital, por sua vez, ainda se encontram em sua infância, constituindo apenas 10,6% do mercado publicitário comparado com os 19,8% do restante do mundo, revelando que ainda existe muita coisa para ser explorada no universo brasileiro da Internet, sendo estimado que 5,6 bilhões de dólares ainda serão injetados na grande rede nos próximos 3 anos por causa da Copa do Mundo e das Olimpíadas.

Assim, fica muito evidente que as mídias sociais devem fazer parte dos seus esforços de marketing o quanto antes, sob o risco de você ser ultrapassado pelos seus concorrentes. Afinal, toda oferta só pode ser comunicada no lugar onde as pessoas efetivamente estão, sendo as mídias sociais a bola da vez no cenário do marketing nacional.

Confira o artigo na íntegra (em inglês) no site da Forbes

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.
Anúncios

2 comentários em “O Boom das Redes Sociais no Brasil

    1. Exato Rafael. Acredito que não somente as mídias sociais mas a Internet como um todo terá um papel fundamental durante os eventos esportivos, democratizando o acesso aos jogos que, devido aos preços fora da realidade brasileira, deixarão grande parte da população às margens desses grandes acontecimentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s