Como Vender Mais? Escreva Mais!

Marketing_Digital

Tem coisas que você acha que nunca mais vai ouvir mas de repente aparece alguém que julga a si próprio como o suprassumo do acompanhamento de todas as tendências e solta uma pérola! Não se engane. Ainda existem muitas “ex-verdades”, ou seja, conceitos dos primórdios da Internet que há muito tempo deixaram de funcionar mas que muitas pessoas ainda acreditam ser uma realidade imutável.

Indo direto ao ponto, um conhecido meu comentou neste fim de semana que um site com muito texto era uma tática inútil porque ninguém gosta de ler na tela de um computador. Hum… Isso de fato podia ser uma realidade na década de 1990 mas, hoje em dia, trata-se de um simples mito.

Muita coisa mudou no mundo online e offline desde a criação da World Wide Web. Smartphones, tablets, ebooks, Kindles, leitores de arquivos pdf e toda uma geração de pessoas que já nasceu e está crescendo com a Internet sendo parte integrante da vida delas (Geração Y) transformaram totalmente o cenário. E dizer que as pessoas simplesmente não gostam de ler na Internet só possui alguma relação com textos que as pessoas não têm interesse em ler e não com o exercício da leitura em si. Afinal, a Internet se transformou na maior biblioteca do mundo, sendo “o local” mais utilizado para aprender ou entender absolutamente tudo. É lógico que outras formas de comunicação como áudio e vídeos também crescem de forma avassaladora na grande rede, mas daí insinuar que as pessoas não estão a fim de ler na Internet é uma conclusão muito generalista e que também está longe de considerar fatores tecnológicos importantíssimos que eu apresentarei a seguir.

Existe uma porção de coisas a serem analisadas antes de chegarmos à conclusão simplista de que a culpa do seu site estar jogado às traças é da quantidade e não da qualidade dos seus textos. Aliás, se aquilo que está escrito sobre a sua empresa vai ao encontro daquilo que os seus clientes precisam saber, a quantidade de textos vai ajudar e não atrapalhar o andamento do seu negócio. Ou seja, se aquilo que os seus clientes estão buscando na Internet estiver presente no seu site, blog ou mídia social, a quantidade de textos vai ser justamente o chamariz e não o fator de fracasso da sua empresa na grande rede.

Eu já escrevi sobre este tema antes mas é necessário repetir: a crença de que ninguém lê na Internet só fazia sentido na era pré-Google. Quem tem as mínimas noções sobre o funcionamento do sistema de buscas do Google sabe que o conceito de relevância trabalha essencialmente com textos que possuam ligação com aquilo que as pessoas digitam no campo de buscas da ferramenta. Quanto mais textos são escritos e disponibilizados na Internet de forma sistemática em relação a um tópico em particular (não importa o assunto), melhor posicionado o site onde tais textos estão localizados ficará nos resultados da busca orgânica ou busca natural. Isso porque os Googlebots, crawlers ou algoritmos do Google consideram como sites mais relevantes aqueles que disponibilizam conteúdo frequente na Internet, posicionando-os no topo dos resultados da pesquisa de um determinado termo digitado. E não apenas conteúdo postado de forma contínua mas também o tempo de existência desses sites constituem fatores de seleção, fazendo com que as URLs mais velhas tenham maior vantagem sobre as mais novas. Como consequência, um site ou blog postando coisas sobre determinado assunto há mais tempo estará mais perto do topo dos resultados da busca orgânica, tendo chances muito maiores de ser visitado do que um site posicionado mais para o fim da página ou, pior ainda, em outras páginas sem ser a primeira.

Portanto, esqueça esse lance de escrever pouco. Você tem mais é que escrever muito e de forma contínua, com a ressalva de que o assunto seja de interesse do seu público-alvo. Do contrário, sua estratégia na Internet não funcionará mesmo!

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s