Marketing é Safadeza?

Marketing Digital

Eu fico impressionado como ainda existem algumas pessoas por aí que associam o conceito de marketing com coisas negativas como safadeza, enganação, ganhar dinheiro fácil, estelionato e outras barbaridades antiéticas e ilegais. Como em qualquer outra área, existem profissionais de todos os níveis no setor de marketing, com desempenhos que vão desde o ruim até o sensacional. Agora, generalizar nivelando tudo por baixo é de uma ignorância absurda, para dizer o mínimo.

É provável que haja uma associação inconsciente do popularesco termo “marketeiro” com campanhas políticas de reputação duvidosa em nosso país, fator que ainda assim não justifica a existência dessa grande distorção. A ignorância sobre o assunto chega a assustar e mostra o quanto o Brasil ainda precisa amadurecer, profissionalmente e culturalmente falando. Os Estados Unidos, um dos grandes celeiros do marketing mundial, continua a desenvolver essa ciência (sim, ciência porque envolve muita pesquisa e conhecimentos aprofundados em disciplinas como antropologia, psicologia, economia, sociologia, criatividade, inovação, comunicação, estatística, administração e tecnologia) e a inventar novos estudos e conceitos sobre o assunto. Se esse desenvolvimento continua em pleno vapor por lá, imaginem o quanto ainda precisa ser feito no Brasil.

Quando o assunto passa a ser Marketing Digital, então, a ignorância é ainda maior, uma vez que trata-se do velho marketing adaptado ao mundo em contínua e rápida mutação da Internet, onde o acompanhamento de todas as mudanças envolvidas tornou-se algo literalmente impossível. Não vou subestimar você, leitor deste blog, com explicações acadêmicas e consagradas sobre o que seria marketing. Isso você  encontra aos montes por aí. Para a definição de Marketing Digital, veja esta postagem. Para a definição mais geral sobre o conceito de marketing, segue uma na qual eu acredito, chamando-a de marketing com M maiúsculo:

“Marketing é o eterno processo de adequação das atividades diárias de organizações diversas com o objetivo de encantar os clientes e gerar riqueza como resultado.”

E há dois conceitos nessa definição que precisam ser salientados. O primeiro, é que o “conceito de encantamento” foi aplicado com muito sucesso pela empresa Zappos, a qual, desde a sua fundação, encarou a cultura voltada para a experiência de compra e para a superação das expectativas de seus clientes (e não apenas a satisfação de suas necessidades) como questões centrais de seu core business. E foi com essa abordagem que a Zappos conseguiu fidelizar seus clientes, gerando identificação com a marca e, muito obviamente, os tão desejados lucros. E falando justamente em resultados, não se engane. Eu gosto muito de dinheiro mas eu prefiro usar o termo riqueza ao invés de lucro porque trata-se um conceito muito mais abrangente, envolvendo também resultados positivos como discussão, conscientização, educação, conhecimento, mobilização, engajamento e doações no caso de campanhas para organizações sem fins lucrativos, instituições de ensino variadas e ONGs diversas que também utilizam o marketing em suas atividades. Riqueza tem um sentido muito mais amplo, envolvendo o benefício da sociedade e do meio ambiente, do presente e do futuro, ao passo que lucro é um conceito mais imediatista que beneficia apenas alguns em detrimento da maioria e do futuro de todos.

Admito que esta definição de marketing é muito bonita na teoria mas, na prática, é óbvio que encontramos dificuldades e tudo fica mais complicado. Porém, se você não almeja algo grandioso em benefício de todos e, por consequência, de difícil realização, o que justifica sua reles existência neste minúsculo planeta azul?

Precisamos urgentemente de um mundo muito mais justo, sustentável e por fim muito mais inteligente se quisermos que as coisas continuem por aqui. Se tudo isso representa safadeza segundo a ótica de alguns, eu sou safado com muito orgulho!

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.

Anúncios

2 comentários sobre “Marketing é Safadeza?

  1. Reblogged this on L 3 Web Negóciose comentado:
    Parabéns pelo POST Marcio Cruz!
    Explana com precisão e realismo. Eu costumo dizer que na internet as coisa não fogem muito da realidade e, não digo virtual e sim Vírtu-Real. Tanto Ofline, quanto online existem bons e maus negócios, pessoas de boa índole, de má índole, assim como tem amadores, também encontramos profissionais da mais alta competência e sucesso comprovado naquilo que faz. Então com certeza não é muito ético generalizar e, assim nivelar por baixo. O que devemos e precisamos fazer (Caso queiramos é claro) para ter sucesso em nossos negócio é, pesquisar, avaliar e assim adquirirmos conhecimentos. A única torneira que pode ficar aberta derramando sem problemas é a do conhecimento!
    Sucesso Sempre!

  2. Concordo Eridan! O conhecimento é infinito e cabe a nós a humildade e o esforço contínuo para entender a realidade mutante ao nosso redor. Fácil é criticar, difícil é fazer a diferença. E somente a educação na acepção mais ampla da palavra é que será capaz de mudar este quadro. Espero que eu possa dar uma humilde contribuição nessa direção com as coisas que escrevo neste blog.

    Abs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s