O Que É Google Marketing?

Google marketing

Dá para imaginar que um dia a gente já viveu sem o auxílio do todo poderoso deus Google? Pois é…

Utilizando o “oráculo da página branca” para buscar as mais variadas soluções para os seus mais amplos problemas, necessidades, desejos e insatisfações (nada menos que 89,5% do mercado brasileiro de buscas), o consumidor 2.0 torna-se indissociável da ferramenta de busca do Google. E enganam-se aqueles que ainda acham que isso é “viagem de entusiastas da Internet”, uma vez que tais buscas possuem íntima relação com o mundo real. A própria Serasa-Experian-Hitwise divulgou uma pesquisa que demonstra que a busca no Google tem íntima relação com a intenção de compra. E a maior prova disso é que as pessoas digitam qualquer palavra no campo de busca, até as coisas mais impublicáveis como termos de conotação moral e/ou sexual que a esmagadora maioria nunca confessaria estar buscando na vida real. Todavia, pelo fato de estarem protegidas atrás da tela de um PC, notebook ou tablet, sentem-se à vontade para externar seus interesses por tabus diversos ou pelos mais repreensíveis segredos de foro íntimo pelo ponto de vista da “sociedade offline”. Se essa externalização na busca do Google ocorre com as informações mais secretas, imagine a busca por coisas mais triviais como “TV de LCD” ou “contratar serviço de transporte de carga”. Esse fenômeno revela uma “sinceridade de intenções”, de forma que aquela pessoa que chega até o seu site, se o trabalho de SEO (Search Engine Optimization = otimização para motores de busca) for bem executado, está realmente precisando daquilo que você vende.

Toda essa sinceridade de intenções é registrada pelo Google e transformada em dados para quem quiser utilizar a Ferramenta de Palavra-Chave do Google, gerando um resultado muito mais real e preciso que qualquer pesquisa de rua tradicional. Isso porque as pesquisas presenciais são afetadas pelo mascaramento dos resultados ao estarmos frente a frente com um entrevistador de carne e osso como a gente. Questões psicológicas, morais e até culturais interferem diretamente no resultado da pesquisa, tornando-a muito imprecisa. Assim, as antes dispendiosas pesquisas de mercado, apenas acessíveis para grandes empresas, hoje tornam-se muito mais abrangentes, precisas e acessíveis via Internet para o empreendedor comum, dono de uma loja de bairro, pequena confecção ou startup de tecnologia.

A melhor forma de atrair clientes na Internet é fornecendo as informações que eles necessitam no exato momento em que eles digitam uma palavra ou expressão no campo de busca do Google, objetivo que requer inteligência e não elevadas somas em dinheiro. Eis então algumas dicas para você, pequeno empreendedor, atrair e reter clientes através do Google Marketing, que nada mais é que o estudo do mercado utilizando as ferramentas do Google:

1) Pesquise o que seus clientes estão digitando no campo de busca do Google através da Ferramenta de Palavras-Chave do Google. Para isso, você precisa conhecer muito bem o seu mercado para saber quais problemas ou discussões estão tirando o sono dos seus clientes.

2) Com as palavras ou expressões pesquisadas, escreva artigos ou e-books sobre os assuntos buscados, de preferência utilizando como títulos as mesmas expressões digitadas pelo seu público-alvo. O consumidor ou cliente 2.0 não compra produtos na Internet: ele compra informação. Assim, quanto mais informação você disponibilizar, maior será o valor percebido e melhor aceito será o preço cobrado pelos seus produtos e serviços.

3) Seja um editor de conteúdo, disponibilizando informações aderentes ao universo semântico da palavra ou expressão que seus clientes digitam no Google (o universo semântico, isto é, as palavras relacionadas ao tema digitado é fornecido pela própria Ferramenta de Palavras-Chave). Essas palavras darão inclusive tendências em termos de sazonalidade por assuntos específicos em forma de gráficos, muito fáceis de serem visualizados, os quais poderão ser obtidos na ferramenta Google Insights para Pesquisa.

4) Ao elaborar os ebooks, disponibilize-os para download através de pequenos formulários para que você possa criar pouco a pouco o seu próprio mailing.

5) Forneça um espaço no seu site ou blog para seu cliente manter um diálogo aberto com a sua empresa. Na ocorrência de algum problema, você preferirá que ele reclame diretamente contigo ao invés de disparar sua fúria para tudo quanto é lado na Internet.

6) Seja realmente efetivo no atendimento das solicitações. De nada adianta você criar um espaço para as manifestações dos seus clientes se você demora para responder ou até mesmo nunca responde. Isso será ainda pior que não fornecer espaço algum.

7) Mensure os resultados através do Google Analytics e refine sua pesquisa para aderir de forma cada fez mais precisa às necessidades de seus clientes, oferecendo serviços (mesmo quem trabalha com produtos é obrigado a oferecer um serviço de algum nível) cada vez melhores para eles.

Muito porcamente, esse é o tal do Google Marketing com uma tecnologia difícil de acreditar que poderá ser um dia superada, nivelando pequenas, médias e grandes empresas e dando oportunidades inimagináveis para quem é pequeno encarar o mercado em igualdade de condições com os grandes players.

Fique ligado pois darei mais dicas sobre esse assunto cuja totalidade seria impossível de estar resumida adequadamente em uma única postagem. Tem isso e muito mais!

Leia também a postagem “Como Divulgar uma Empresa?”, a qual aborda o quanto o Google é fundamental para a saúde do seu negócio.

Abs!

Este blog é um oferecimento da Afronta Marketing.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s